GRUPO CORAL

Grupo Coral “ALIUS VETUS” – Pequeno Historial

Pequeno historial

GRUPO CORAL “ALIUS VETUS”É interessante aqui referir que estes vocábulos “Alius Vetus” remontam ao tempo da ocupação romana (cerca do Séc. I A.C.) e o topónimo desta localidade, “ALHOS VEDROS”, deriva daquela expressão latina.Fundado em 10 de Fevereiro de 1987 por um grupo de associados da S.F.R.U.A, Sociedade Filarmónica Recreio União AlhosVedrense (Velhinha), tem já um memorial de actuações considerável.Dirigido na sua fundação pelo Maestro Casimiro Silva, mais tarde pelo Maestro Ivo de Castro, o seu Director Artístico é desde 1995 o Maestro Maurício Vieira da Silva.

Constituído por cerca de 25 elementos de várias classes etárias e quatro registos de voz, o seu repertório abrange vários géneros musicais.

Da sua acção dinâmica merece especial relevo:

– Deslocação a França (Ville Plaisir), em Maio de 1997 onde onde participou, no CONCERT CHORALES D’EUROPE, com outros congéneres estrangeiros.

– Deslocação a Oviedo, nas Astúrias Espanha, a convite da SCHOLA CANTÓRUN VIRGEN DEL CARBAYU, em Novembro de 2003.

– A sua presença na cidade de Leiria no 2º. FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA CORAL – AFONSO LOPES VIEIRA – com reportório inédito.

– A Representação em FESTAS MEDIEVAIS E FESTAS DE NATAL

Como nota final, importa mencionar que este Coral é desde 1999, membro efectivo da ACAL.

Maestro MAURÍCIO VIEIRA DA SILVA

Maurício Vieira da Silva é natural da cidade do Porto, onde iniciou os estudos musicais com seu pai, também músico.

Ingressou no Conservatório de Música daquela cidade em 1996, aí completou os estudos de Solfejo, Acústica e História de Arte, tendo desenvolvido também estudos de Piano e feito parte do Coro e Orquestra do mesmo Conservatório.

Estudou ainda, Clarinete e Composição com o Professor Costa Gomes, Director do Conservatório do Porto e trabalhou com Carlos Zíngaro, em música para teatro.

Como profissional, integrou diversos agrupamentos de música ligeira, quer como percussionista, quer como viola-baixo. Ingressou na Banda da Guarda Nacional Republicana aos 18 anos de idade, onde se iniciou em Fagote e Contra-Fagote. Neste instrumento integrou (nomeadamente como solista), as Orquestras da RDP, da Gulbenkian e do Teatro Nacional de S.Carlos.

A sua actividade tem-se desenvolvido ainda na área das Bandas Civis e regência de coros. Dirigiu o Coral Infantil de Setúbal (1987 – 1992), o Coral Perpétua Azeitonense, Coro e Banda dos Caceteiros de Palmela e Orquestra Ligeira (Big Band) Pinhal dos Frades.

É desde 1988 Maestro Assistente do Coral Luísa Todi de Setúbal, tendo assumido as funções de Secretário Técnico a partir de Outubro de 2002.

Desde 1995 é o Director artístico do Grupo Coral “Alius Vetus” – S.F.R.U.A. – Alhos Vedros.

É Maestro do Coral Polifónico de Fernão Ferro desde 1998 e também Director da Escola de Música na mesma localidade.
A partir de 2002 é Director do Coral Polifónico do Alto Seixalinho, no Barreiro.

É desde Novembro de 2008, Maestro do Coro da Universidade da 3ª Idade no Seixal.


APOIOS

JUNTA DE FREGUESIA DE ALHOS VEDROS
CÂMARA MUNICIPAL DA MOITA
FOCH – MEDIADORA DE SEGURPS
ELSA DIOGO – LOJA E ATELIER
REFRIGUE CONFECÇÕES PARA O FRIO